Defesa Civil de Araçariguama alerta para os riscos de queimadas e incêndios

Por Gilberto de Almeida 28/08/2019 - 11:40 hs

A Prefeitura de Araçariguama, por meio da Defesa Civil Municipal, alerta a população quanto ao risco de queimadas e incêndios. No primeiro semestre de 2019, foram contabilizados em média, 90 incêndios e queimadas.

O coordenador da Defesa Civil, inspetor Ramos, afirma que caso haja uma situação dessa, mesmo de pequenos focos, a população deve comunicar imediatamente os órgãos de segurança.

Os incêndios nas matas, são extremamente prejudiciais para a atmosfera e o meio ambiente todo, sem dizer da destruição do habitat natural de vários animais, que ao notarem a zona de perigo do fogo, logo tentam se refugiar e não raras vezes terminam mortos, um incêndio, no entanto, é inclusive muito rápido e espalhando-se gradativamente para outras áreas, colocando também em risco a vida dos munícipes.

Diante desta constante realidade, a Defesa Civil elencou algumas importantes orientações para a população:

– Evite jogar cigarros ou fósforos acesos às margens das rodovias, especialmente aquelas de grande circulação de veículos.

– Balões podem provocar acidentes aeronáuticos, incêndios florestais e, são um sério perigo para refinarias e indústrias químicas. Além disso, soltar balão é crime previsto pela Lei 9.605/98;

– Evite acender fogueiras;

– Evite qualquer tipo de queimadas por conta da fuligem e dos poluentes que são expelidos no ar, contribuindo e favorecendo o surgimento e aumento dos quadros alérgicos.;

– Quando a queimada for necessária para fins agrícolas (cana e algodão, regulamentada por lei) avise seus vizinhos e a Polícia Ambiental, com dois dias de antecedência;

–Nunca faça queimadas próximas à rede elétrica;

– Nunca faça queimadas em dias quentes, secos ou com ventos fortes;

– Informe quando houver qualquer indício de fumaça, para o fogo seja combatido logo no início.

Em caso de incêndio, entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone (11)9 4124-5371, que fica “24 horas de plantão”